Estreias com o pé direito (sobre o Prêmio n’O Globo)

eventos, notícias, Prêmio Sesc de Literatura

No sábado eu e a Marta Barcellos circulamos pelas ruas de Paraty também nesse suplemento que o jornal O GLOBO faz para a Flip. :)

Quando crescer quero ser que nem o Marcelino Freire, e transformar toda fala sobre mim em uma fala sobre o que realmente importa. Antes disso, vai sempre haver uma contradição entre a festa pelo livro e a fome de que o livro é feito. De vocês peço a paciência. Vou aprendendo. Também com a Flip que para mim sempre é um misto de felicidade e angústia, porque ela mal começa e já acaba, porque para a grande maioria da população ela nem começa. Literatura é guerrilha, fui lá saber.
8

Anúncios