O diretor

eventos, experimentos literários, no ponto cego

Aos finais de semana feriados pontos facultativos o Carlão encolhe a barriga peluda o umbigo pra fora uma espinha equilátera entre os mamilos, ele encolhe a barriga lá no Sesc da Tijuca, com licença, obrigada, ele não gosta quando a barriga escapa avança aperta a calça, deixa marca, ele quase não respira, uma desgraça. Mas tudo bem porque de segunda a sexta o Carlão sai da gema vai ser diretor de uma escola estadual, vai ser outro longe de casa, quase na casca, mas tudo bem porque o Carlão vai com a barriga solta, em cima das coisas, ostentando as dobras, a intensa flora, tudo bem porque o Carlão sobe na mesa com a calça larga o umbigo à solta ele grita com os alunos todos e calem a boca e tudo bem porque eles não vão subir na vida, eles não vão chegar nem perto. Lá do Sesc da Tijuca.

Anúncios